mdm dispositivos móveis

Quando o Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM) se torna necessário?

Para muitas empresas, descobrir quando adotar uma nova tecnologia pode parecer mais adivinhação do que cálculo. Isso acontece especialmente com as pequenas e médias empresas (PMEs), onde tais decisões podem ser demoradas e tem maior pressão sobre o orçamento.

Embora muitos pensem nos MDMs como uma maneira de apenas controlar smartphones e tablets, a solução também é um imperativo para monitorar e gerenciar laptops e sistemas, especialmente quando falamos em trabalho híbrido e o atual do Bring-your-own-Device (BYOD).

Todos esses dispositivos dão aos funcionários a capacidade de fazer o trabalho quando e onde precisam, e não ter que fornecê-los você mesmo economiza tempo e dinheiro. Então, como as PMEs de hoje devem pesar os benefícios dos MDMs contra o custo? Primeiro vamos falar um pouco o que são MDMs e como eles funcionam, antes de finalmente abordar seus benefícios e quando é hora de implementar o seu próprio. Confira:

O que é um MDM e o que ele faz

A ideia de gerenciamento de dispositivos móveis começou com a necessidade de controlar as informações de empresas alojadas em smartphones no local de trabalho e, mais tarde, cresceu para abranger tablets e laptops. Com MDMs, os administradores podem gerenciar, controlar e proteger esses dispositivos.

Isso pode incluir vários comandos, como controlar o bloqueio da tela, adicionar requisitos de segurança para senhas ou determinar quais aplicativos podem ou não serem instalados em um dispositivo. Mas um bom MDM não protege apenas os dados; igualmente importante, eles também restringem acessos e funções como limpeza remota por exemplo, — um recurso especialmente útil para dispositivos perdidos ou roubados.

Para fazer tudo isso, uma solução como a Urmobo é instalada primeiro no dispositivo de um funcionário. Os dispositivos podem ser identificados com base em seu número de série, usuário associado ou nome do dispositivo, dependendo do MDM e das necessidades da organização. Os administradores de TI então usam MDMs para implantar definições de configuração e executar outros comandos.

Esses controles podem variar do básico listado acima aos mais avançados, como rastrear a localização de um dispositivo, forçar atualizações ou criptografar dados.

Então, diante de tudo isso, e considerando a variedade de controles que você pode escolher, quando saber se sua empresa chegou ao ponto de precisar de um MDM?

Como as PMEs se beneficiam de um MDM?

Embora possa parecer algo que pode ser adiado para empresas menores, o MDM tornou-se essencial para todas as organizações nos dias de hoje. É verdade que a maioria das PMEs não tem um departamento de TI completo, ou pode até não ter uma pessoa determinada somente para o TI. Mas eles precisam de todos os recursos críticos que smartphones, tablets e laptops oferecem, e esses precisam ser protegidos.

Um MDM pode ajudar a garantir essa segurança básica e a um custo relativamente baixo para muitas das pequenas empresas. Mas quais são os reais benefícios de ter um?

Sabemos que os MDMs aumentam a segurança e a funcionalidade dos dispositivos, mas também melhoram a visibilidade e os recursos de criar relatórios. Um MDM pode lhe dar os meios para interromper problemas antes que eles comecem, mantendo o controle sobre os custos desse suporte.

Com um MDM, por exemplo, você pode aplicar automaticamente atualizações de software quando elas são lançadas, o que pode aumentar muito a segurança e eliminar os problemas associados aos usuários finais ignorando repetidamente suas notificações de atualização. E se, por algum motivo, essas atualizações não estiverem ocorrendo em um dispositivo específico, o MDM normalmente o alertará sobre o problema para que possa ser corrigido rapidamente.

Quando se trata de economia de tempo, um MDM pode controlar automaticamente facetas como e-mail, WiFi e configuração VPN. Também facilitam as alterações rapidamente, permitindo que seus dispositivos permaneçam atualizados, não importa como seu ambiente ou prioridades mudem com a expansão contínua.

Gerenciamento de Dispositivos Móveis em PMEs

Pequenas e médias empresas agora são responsáveis por 43% de todos os ataques cibernéticos direcionados segundo a Symantec. E a cada novo dispositivo pessoal ou empresarial introduzido, o cenário de ataque de uma empresa se torna muito mais amplo.

O gerenciamento de dispositivos móveis é uma daquelas ferramentas em que, mesmo que você ache que não precisa, provavelmente precisa. Afinal, 60% de todas as pequenas e médias empresas que foram hackeadas saem do negócio em apenas 6 meses. Comparativamente, uma solução MDM é um pequeno investimento a ser feito para o risco que mitiga.

A verdade é que as poucas razões que você pode ter para não ter um MDM provavelmente já foram discutidas. Além disso, a pronta disponibilidade de recursos de TI empresariais gratuitos e baratos que agora capacitam PMEs quase sempre incluem ou exigem dispositivos móveis para aproveitar ao máximo.

Então, se você ou seus funcionários estão usando seus smartphones para qualquer coisa que não seja telefonemas reais — o que hoje em dia é bem raro – se há a verificação de e-mail em casa ou enquanto estiver no aeroporto — e você não tem um MDM funcionando, você está potencialmente colocando toda a sua empresa (e os dados confidenciais de seus funcionários e clientes) em risco de violações de segurança e isso pode se tornar pior ainda.

URMOBO

MDM da Urmobo traz técnicas inteligentes para proteger a sua empresa fornecendo uma reforçada segurança contra vazamento de dados, garantindo a integridade do dispositivo, mesmo quando há a separação entre os dados pessoais e da empresa.

Esse é mais um dos benefícios que a Urmobo tem feito pelos seus clientes para ajudar no dia a dia do trabalho remoto! Veja todas as funcionalidades e benefícios que Urmobo oferece, e assine por 15 dias grátis o nosso Trial.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.