dispositivos Móveis segurança

76% dos gerentes de TI acreditam estar mais vulneráveis a ataques em dispositivos móveis após trabalho híbrido

53% dos gerentes de TI dizem não estarem preparados para todas as estratégias usadas em ataques direcionados a dispositivos móveis, revela pesquisa da Sapio Research

Mais de um ano de trabalho híbrido se passou e as preocupações de segurança aumentam cada vez mais. Com as empresas obrigadas a fechar suas instalações físicas e a mudar para modelos de trabalho digital / remoto, o chamado home office, para continuarem a funcionar, isso acabou precipitando uma grande mudança do “dia para a noite” para um alto número de pessoas e organizações.

A primeira coisa que a maioria das empresas se preocupou foi garantir que todos tivessem algo (um laptop, tablet, um smartphone, etc) com que pudessem trabalhar. Em seguida, conectado a isso, o software de que precisam para ter certeza de que poderiam fazer o trabalho, incluindo a videoconferência. A segurança era, portanto, muitas vezes uma preocupação secundária para as empresas e, sem dúvida, agora é preciso recuperar o atraso.

A pesquisa da Sapio Research também descobriu que 3/4 dos tomadores de decisão de TI acreditam que suas organizações estão mais vulneráveis a ataques móveis do que nunca. Ficou claro que não é uma questão de se, mas uma questão de quando.

73% dos entrevistados ainda acreditam que os usuários finais agora são mais suscetíveis a ataques cibernéticos em dispositivos móveis do que eram há 5 anos. A pesquisa também descobriu que 76% dos entrevistados acreditam que são mais vulneráveis a ataques móveis do que há apenas um ano, após a mudança para ambientes de trabalho remotos e híbridos.

Embora os dispositivos móveis muitas vezes dificultem a identificação dos sinais de e-mails ou links maliciosos, como endereços URL, 88% ainda acreditam em sua capacidade de identificá-los e 84% confiam em sua capacidade de preveni-los.

Mas qual será a solução? Estes ataques podem diminuir? Tudo isso fica muito mais fácil quando se tem uma boa plataforma de MDM associada como Urmobo:

As empresas de hoje devem repensar como estão protegendo suas redes e aparelhos, e quais vias são mais suscetíveis a ameaças no cenário de trabalho remoto

SEGURANÇA ZERO TRUST

Como algumas empresas não conseguiram oferecer à todos devices corporativos, principalmente no início da crise, muitas pessoas usaram seus próprios dispositivos pessoais, como telefones e tablets, para fins de trabalho. É aí que entra o sistema que chamamos de BYOD.

Agora, mais do que nunca, os dispositivos móveis estão no cruzamento de nossas vidas profissionais e pessoais, mudam entre perfil de trabalho e pessoal, dependendo da hora do dia. Isso significa que as credenciais corporativas podem ser capturadas por invasores que atinjam uma plataforma pessoal ou aplicativo de mensagens se você tiver o MDM instalado.

O melhor a se considerar neste caso em que estamos vendo na pesquisa é o modelo de confiança Zero Trust (Zero Trust), essencial quando falamos em segurança. Garantir que a equipe esteja mais consciente da segurança e dos comportamentos básicos da segurança cibernética também é extremamente importante neste novo ambiente híbrido.

O modelo Zero Trust é a estrutura que fortalece a empresa ao remover a confiança implícita e impor autenticação estrita de usuário e dispositivo em toda a rede. Assim, a Urmobo consegue fornecer uma plataforma empresarial de ponta a ponta que pode ajudar a fechar a lacuna dos ataques e mudanças comportamentais dos usuários que cada empresa enfrenta hoje.

Tem dúvidas? Quer saber como a Urmobo pode te ajudar com a instalação Zero Trust na sua empresa? Fale conosco agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

5 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.