urmobo_MDM

O que é cultura digital? Entenda agora!

Você consegue pensar hoje em uma empresa que não trabalhe com algum dispositivo digital? Praticamente impossível, não é mesmo? O uso de computadores, smartphones, notebooks e aparelhos vestíveis é uma realidade nas organizações, e isso não voltará mais atrás.

Contudo, não basta apenas utilizar esses dispositivos, é preciso incorporá-los adequadamente na cultura da empresa. Afinal, uma coisa é realizar a digitação de um contrato, de forma digital, imprimi-lo e arquivá-lo fisicamente. Outra é incorporar uma cultura digital e utilizar, para isso, um gerenciador de contratos e manter os documentos arquivados on-line, na nuvem. Entende a diferença?

Essa diferença é a incorporação de uma lógica digital nos negócios. Continue a leitura para identificar o que é cultura digital e tirar as suas dúvidas sobre o tema.

O que é a cultura digital?

A cultura digital diz respeito a uma mudança recente no cenário não só organizacional, mas cotidiano, em que passamos a inserir soluções digitais em nossas rotinas para a resolução de problemas, realização de tarefas, entre uma série de outros pontos importantes.

Assim, fala também sobre a forma como consumimos conteúdo e nos relacionamos com o nosso dia a dia, com a intermediação dos dispositivos digitais (computadores, smartphones, tablets, wereables, entre outros) e soluções aplicadas nesses cenários (sites, blogs, conteúdos audiovisuais, redes sociais, arquivos na nuvem, entre outros).

Qual a importância de investir em cultura digital?

Você consegue pensar em sua rotina sem os dispositivos digitais? O mesmo se aplica ao ambiente organizacional. A grande questão é: esse cenário avança rapidamente. Um fato é: um estudo realizado pela Dell Technologies aponta que, nos próximos 5 anos, 48% dos negócios atuais estarão obsoletos. Ou seja, eles não conseguirão se adaptar aos novos cenários.

Isso ocorre, principalmente, porque, segundo a mesma pesquisa, 48% dos gestores não imaginam como será a sua empresa daqui a 3 anos. Ou seja, não há um acompanhamento das principais tendências para o futuro. O resultado disso pode ser muito desastroso a longo prazo, já que não há uma preparação para a revolução digital.

O investimento em cultura digital permite observar essas questões com mais atenção e identificar de que forma é possível incorporar soluções importantes para o negócio, se destacar da concorrência e, principalmente, conseguir realizar um serviço dedicado para o cliente, conquistando-o ao longo do tempo.

É importante lembrar, também, que o meio digital é uma importante forma de conseguir obter melhores resultados no seu dia a dia. Por meio dele, é possível:

  • resolver questões de forma prática e eficiente;
  • automatizar tarefas fundamentais para a produtividade da empresa;
  • obter dados dos seus clientes que possam auxiliar com insights importantes para conquistá-los;
  • mostrar possíveis brechas de oportunidade que podem ser utilizadas no dia a dia da empresa;
  • permitir um marketing diferenciado e focado nas necessidades do público;
  • permitir novos modelos de trabalho, como a adoção do home office nas organizações;
  • agilização do contato entre empresa e público, bem como do negócio com o fornecedor, entre uma série de outras vantagens.

Qual a importância do setor de TI para o desenvolvimento da cultura digital?

Diante disso tudo, é importante ressaltar o quanto o setor de TI tem papel primordial no processo. Afinal, são eles os responsáveis pela adoção e manutenção das soluções tecnológicas nas organizações, garantindo que elas serão devidamente utilizadas e resolvendo as questões, quando necessário.

Assim, uma equipe de TI eficiente é capaz, por exemplo, de criar a infraestrutura para implementação de soluções importantes em seu negócio, realizar a transição para o novo modelo de forma adequada e monitorar o uso da ferramenta, verificando se há algum tipo de falha que precise ser corrigida.

Além disso, estão sempre atentos para garantir maior segurança nas ações, adotando protocolos importantes de cibersegurança e minimizando o risco de ações de cibercriminosos. Se, ainda assim, alguma questão passar, o time será responsável por minimizar os prejuízos existentes e, assim, evitar que sua empresa esteja exposta a vulnerabilidades e proteger os dados pessoais dos clientes.

Isso é importante, principalmente, em um contexto no qual a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) entrou em vigor e, portanto, torna-se importante garantir mais segurança nas atividades diárias, para evitar sanções futuras.

Como os softwares de gerenciamento podem auxiliar nisso?

Além de uma equipe de TI consistente, é importante contar com as soluções corretas para suas práticas no dia a dia. Elas são responsáveis por garantir mais produtividade e modernização da sua empresa. Por isso, é fundamental identificar de que forma eles fazem isso.

Os softwares de gerenciamento têm, assim, um papel fundamental nessa dinâmica. Eles são responsáveis por controlar as variáveis que estão relacionadas com o seu uso. Por exemplo, um ERP (Enterprise Resource Planning) permite que os gestores possam acompanhar os indicadores de cada setor e, assim, pode-se observar possíveis gargalos existentes e saber como minimizá-los ao longo das rotinas. A troca de dados entre setores também é facilitada, o que permite uma visão integrada e holística da organização.

Esse é um dos exemplos de como os softwares de gerenciamento são importantes para as organizações. Além disso, eles trazem alguns benefícios, tais como:

  • mais controle das informações;
  • menos erros na realização e delegação de tarefas;
  • mais facilidade na identificação de falhas no ponto que o sistema está analisando;
  • melhores resultados;
  • a empresa consegue avaliar condutas inadequadas e intervir mais rapidamente em questões desviantes.

Os sistemas de MDM (Mobile Device Management) têm papel fundamental nesse processo. Por exemplo, eles permitem o uso de dispositivos móveis nas organizações de forma inteligente e facilitada, algo importante em dinâmicas nas quais se torna cada vez mais importante o acesso a dados e possibilidade de acesso remoto para execução das funções por quem não está no escritório.

Assim, as organizações podem inserir o contexto tecnológico em suas rotinas e tornar o dia a dia mais produtivo e eficiente. Afinal, diversos aplicativos mobile permitem a realização de atividades importantes, tais como negociações, fechamento de contratos, reuniões por videochamada, envio de documentos e uma série de outros benefícios. Ao adotar uma cultura digital em seu negócio, é importante considerar o quão vantajoso isso pode ser para suas rotinas.

É fundamental estar atento sobre o que é cultura digital. É um conceito que veio para ficar, portanto, se você não realizar a transformação para esse modelo de negócio, poderá ficar obsoleto e perder espaço de mercado rapidamente.

Gostou deste conteúdo? Então assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos que ajudarão nesse processo de transformação.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.