Android Enterprise: o que é, como funciona e quais as vantagens?

É fato que, conforme o tempo passa, as empresas, independentemente do tamanho e segmento em que atuam, precisam acompanhar as exigências do mercado para se manterem competitivas. Com base nessa necessidade de adaptação, o uso da tecnologia tem se tornando cada vez mais comum no meio empresarial.

Uma prova disso é a popularização dos dispositivos móveis nas empresas. Afinal, o uso desses aparelhos tem garantido ao gestor uma série de benefícios, podemos citar como exemplos:

  • o acesso rápido aos dados da empresa;
  • a facilidade para solucionar problemas urgentes;
  • a possibilidade de utilizá-los a qualquer hora e lugar;
  • o aumento da produtividade;
  • o melhor gerenciamento do tempo;
  • a economia de recursos.

Ou seja, a utilização de dispositivos móveis tem agregado bastante na administração de diversos negócios. Então, para garantir que a presença desses recursos na empresa traga resultados satisfatórios, foi desenvolvido o Android Enterprise. Já ouviu falar nesse programa? 

Para explicar para você o que é Android Enterprise, como funciona e quais são as suas vantagens, preparamos este artigo com tudo o que precisa saber. Acompanhe!

O que é o Android Enterprise?

Android Enterprise nada mais é que um programa desenvolvido pela Google para facilitar o uso de dispositivos móveis e aplicativos para sistemas Android no ambiente corporativo. Para isso, o projeto contém APIs e ferramentas que garantem que os desenvolvedores adaptem o suporte para Android em suas soluções EMM.

Sendo assim, a plataforma fornece aos desenvolvedores uma visão geral do sistema, além de disponibilizar todas as informações necessárias para a criação e o desenvolvimento de uma solução Android Enterprise.

O principal propósito desse programa é fazer com que o ambiente corporativo se torne propício à utilização de aparelhos tecnológicos. Além disso, ele visa garantir que os equipamentos operem de maneira integrada com a Gestão de Dispositivos Móveis (MDM) — uma estratégia empresarial que tem como objetivo gerenciar o uso de celulares, tablets e notebooks da empresa.

Nesse caso, o programa Android Enterprise trabalha em conjunto com a solução MDM, pois, juntas, apresentam maior capacidade para implementar determinadas tecnologias e garantir o gerenciamento dos recursos disponíveis. 

Isso significa que o programa pode ser integrado a qualquer aparelho com sistema Android, além de oferecer mecanismos que permitem que os colaboradores separem o que é pessoal do que é profissional em situações que são utilizados os próprios celulares e tablets para realizar o trabalho.

O que significa EMM?

EMM é a sigla da expressão em inglês Enterprise Mobility Management, que significa gerenciamento de mobilidade empresarial. Sendo assim, trata-se de uma solução que visa garantir o gerenciamento eficiente não só de dispositivos móveis, mas também de aplicações e conteúdos de toda a empresa. Logo, tem como função: 

  • assegurar o provisionamento — as soluções de EMM têm como objetivo configurar dispositivos e aplicações para facilitar a implementação dos recursos e a sua utilização no meio empresarial. Além disso, auxiliam no gerenciamento de atualizações e na retirada dos dispositivos de circulação;
  • oferecer auditoria, rastreio e relatórios — essa tecnologia permite rastrear e configurar os dispositivos do inventário. Ela também permite verificar se as políticas de uso estão em conformidade com as diretrizes da empresa;
  • garantir a proteção dos dados — se você estava preocupado com a possibilidade de perder os registros da sua empresa, saiba que a solução EMM oferece total segurança contra a perda ou o roubo de informações. Além disso, ela impede que ex-funcionários tenham acesso aos dados da empresa, disponibiliza controles para criptografia de dados, gerencia o compartilhamento de informações e realiza o bloqueio de dispositivos quando necessário;
  • disponibilizar suporte — graças aos recursos disponíveis, a solução EMM permite que a equipe de TI tenha condições melhores para solucionar problemas relacionados à utilização dos dispositivos móveis.

Vale ressaltar que a solução EMM abrange quatro estratégias de gerenciamento:

Qual é a história do Android Enterprise?

Nos anos que antecederam 2010, quando a API do Administrador de Dispositivos Android (2.2) foi lançada no mercado, o sistema não oferecia nenhum recurso para o gerenciamento corporativo.

Sendo assim, os fornecedores de EMM precisavam desenvolver aplicativos que atendessem a essa demanda. Logo, os fabricantes de dispositivos também começaram a elaborar recursos corporativos mais avançados utilizando as suas próprias APIs de gerenciamento Android.

Esse cenário fez com que o mercado se tornasse ainda mais segmentado, pois as empresas que forneciam os dispositivos para a sua equipe de profissionais tinham a possibilidade de padronizar os recursos em um aparelho específico.

No entanto, essa realidade mudou quando a BYOD (Bring Your Own Device) permitiu que os colaboradores usassem os seus próprios aparelhos para executarem o serviço. Essa nova proposta fez com que surgisse um ambiente corporativo heterogêneo.

Então, em 2014, a empresa Google anunciou a criação do Android for Work, mas somente em 2015 a solução foi lançada e surgiu a partir das fases do Android 5.0, 5.1 e 6.0. Em 2017, o projeto passou a ser chamado de Android Enterprise. 

Embora o sistema Android dominasse o mercado de smartphones, as empresas resistiram à adoção dele por causa da preocupação com a segurança de dados e a pouca disponibilização de recursos de gerenciamento. 

Contudo, após o lançamento do Android Enterprise, essa percepção mudou, pois o sistema apresentava melhorias significativas nas funcionalidades de gerenciamento e segurança de dados. Aliás, devemos ressaltar que a Google tem buscado constantemente desenvolver versões cada vez mais aprimoradas para garantir a satisfação dos seus usuários.

A versão atualizada oferece recursos variados de níveis comparativos que permitem às equipes de TI gerenciar os dispositivos da empresa de forma eficiente utilizando os fornecedores EMM de terceiros. Essa solução pode ser utilizada por qualquer empresa, mas principalmente por aquelas que adotaram uma gestão de dispositivos móveis semelhante à BYOD. 

Como o Android Enterprise funciona?

Como já mencionamos, a solução Android Enterprise trabalha em conjunto com a estratégia de MDM. Por isso, é fundamental dispor de um gerenciador específico para dispositivos móveis corporativos.

Lembrando que o gerenciador precisa conter um certificado de autorização da Google atestando que a empresa está apta a integrar as suas soluções com o Android Enterprise. 

Sendo assim, antes de dar início à utilização da solução de Android Enterprise, é preciso dispor de uma solução de MDM e de dispositivos móveis que funcionem a partir do sistema operacional Android 5.0.

Após a aquisição desses dois recursos, você pode configurar os aparelhos na plataforma de gerenciamento por meio dos recursos de MDM contratados pela empresa.

Qual é a importância do Android Enterprise?

Independentemente do segmento em que a empresa atua, todo gestor deve concordar que o mercado está cada vez mais competitivo. Então, para obter sucesso, é preciso estar disposto a se adaptar às novas exigências do mercado para atender às demandas que surgem no decorrer do tempo.

Nesse contexto de transformação, a tecnologia se torna a protagonista, afinal, atualmente, é muito difícil imaginar a rotina das pessoas sem as facilidades trazidas por ela. Sendo assim, no ambiente corporativo, a realidade não poderia ser diferente, pois a utilização desse recurso deixou há muito tempo de ser uma tendência para se tornar uma necessidade.

Prova disso é que, devido à valorização dos serviços digitais e à utilização em massa de dispositivos móveis, a tecnologia mobile tem feito cada vez mais parte das gestões de empresas. Além de oferecer uma série de benefícios, ela permite que o empreendimento esteja alinhado à realidade do mercado. 

Diante disso, a utilização do Android Enterprise é essencial para garantir o bom gerenciamento dos dispositivos móveis na empresa, uma vez que o uso desses equipamentos tem se tornando inevitável atualmente. Por isso, se você quer manter a sua empresa alinhada à realidade do mercado, precisa investir constantemente em soluções inovadoras que acompanhem essas mudanças.

Quais são as vantagens do Android For Work com um MDM?

Uma das principais vantagens do Android Enterprise é, sem dúvidas, a facilidade que ele oferece para o monitoramento e gerenciamento mobile dos dispositivos móveis. Além disso, quando o gestor faz uso da estratégia de MDM, o processo de administração se torna ainda mais prático e eficiente.

Na prática, essas características contribuem para a maior agilidade e eficiência no momento de realizar as tarefas que dependem de dispositivos móveis. Se você está pensando que o uso dessa solução é dispensável porque o seu negócio não faz uso da tecnologia mobile, saiba que a sua empresa pode estar perdendo grandes chances de crescer no mercado.

Afinal, quando gerenciada de forma correta, a tecnologia mobile oferece como vantagens:

  • otimização dos processos — por meio da tecnologia mobile, você evita o retrabalho e a perda de horas realizando a mesma tarefa;
  • redução de custos;
  • utilização da geolocalização para a criação de estratégias mais eficientes e precisas;
  • aumento da produtividade;
  • aproximação com o público — como mencionamos, o uso de dispositivos móveis é uma forma de alinhar as operações da empresa às demandas do mercado. Fazendo isso, você não só garante a aproximação com o público, mas também proporciona um diferencial para a empresa;
  • utilização de plataformas digitais;
  • maior facilidade no acompanhamento de dados e estatísticas — em um mercado cada vez mais competitivo, é essencial que você crie soluções baseadas em dados concretos e precisos. Logo, a tecnologia se torna uma grande aliada na coleta e no gerenciamento desses dados;
  • modernização.

Como configurar o Android Enterprise?

Antes de começar a utilizar o Android Enterprise, é preciso que você verifique se essa solução está disponível na sua região. Feito isso, a implementação do sistema pode ser realizada em três etapas.

Escolha uma solução de gerenciamento

Essa fase é muito importante, porque você precisa dispor de uma estratégia de gerenciamento para configurar, proteger e gerenciar os dispositivos Android da sua empresa. Por meio desse recurso é possível:

  • visualizar o inventário de dispositivos;
  • desenvolver políticas mais avançadas para atender às necessidades da sua organização;
  • distribuir e configurar aplicativos;
  • inserir políticas de segurança do Android, como bloqueio de tela, antivírus para Android e criptografia de armazenamento;
  • limpar dados remotamente em casos de roubo ou perda do dispositivo.

Defina quais modelos de dispositivos Android serão utilizados

Nessa etapa, você deve escolher o dispositivo mais adequado ao modelo do seu negócio. A vantagem é que o mercado tem disponibilizado opções variadas que vão desde os smartphones acessíveis até os tablets robustos. Ou seja, escolha o que mais atenderá às suas necessidades. Além disso, lembre-se de considerar a possibilidade de realizar a instalação zero touch nos dispositivos.

Configure os dispositivos escolhidos

A configuração dos dispositivos é muito simples, pois o sistema Android permite que você faça a padronização dos aparelhos da empresa e dos seus funcionários conforme a solução de gerenciamento utilizada no seu negócio.

Vale ressaltar que, para configurar o Android Enterprise, é preciso usar uma conta do Google para registrar a sua empresa. Ao utilizar essa conta, é preciso que você fique atento a duas questões:

  • ela não pode estar associada a uma empresa;
  • ela não pode ser gerenciada por um provedor de gerenciamento de mobilidade empresarial.

Após observar se a conta atende esses critérios, você pode configurar de forma individual os dispositivos dos funcionários e gerenciar os aparelhos, os aplicativos e as contas de usuário utilizando o cliente da web. 

A configuração pode ser feita em cinco etapas:

  • registre a sua empresa;
  • utilize uma conta Google para fazer o login;
  • gere um código QR ou envie um e-mail de inscrição para um usuário;
  • configure um dispositivo pessoal e mantenha os dados pessoais e de trabalho separados;
  • configure um novo dispositivo gerenciado totalmente pela sua empresa.

Com base nessas informações, percebe-se que o uso do Android Enterprise é essencial para o desenvolvimento e o crescimento da sua empresa. Por isso, se você deseja se manter ativo e competitivo no mercado, ressaltamos a importância de buscar formas de se ajustar às demandas dele a fim de garantir a inovação e a modernização dos seus processos.

Achou úteis as informações deste artigo? Então, compartilhe-o nas redes sociais.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.