Gerenciamento de dispositivos móveis em 2020: o que o futuro reserva?

Chegou o fim de ano e com ele diversos relatórios e tendências que trazem avaliações aprofundadas sobre o mercado que a urmobo está inserida. Empresas capacitadas verificam as tecnologias, fatores de mercado, desafios, padronização, cenários, modelos de implantação, estudos de caso, oportunidades, cadeia de valor, perfis e estratégias.

Os relatórios também apresentam algumas previsões para investimentos em Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM) e pensando nisso, selecionamos alguns insights para ficar de olho. Confira:

1- AUMENTO FENOMENAL NOS PRÓXIMOS ANOS

O mercado global de gerenciamento de dispositivos móveis foi avaliado em US $ 1,71 bilhão em 2016 e deve atingir US $ 13,70 bilhões em 2025, crescendo em um CAGR de 26,01% entre 2017 e 2025.

De acordo com o estudo Verified Market Reports, o mercado mundial de gerenciamento de dispositivos móveis deverá testemunhar um aumento fenomenal nos próximos anos. Como a necessidade crescente e a crescente aceitação dos produtos de gerenciamento de dispositivos móveis pelas empresas, isso provavelmente estimulará a demanda em todo o mundo em um futuro próximo.

2 – SEGURANÇA E INVESTIMENTO INICIAL

Por outro lado, as preocupações com o risco de perda de informações e o investimento inicial por parte dos clientes podem dificultar consideravelmente o crescimento desse mercado, observa a pesquisa. Por isso, será importante mostrar os benefícios do seu produto e mostrar como funciona realmente o MDM. (Faça um trial da urmobo aqui, sem custo algum, por 15 dias!)

3 – PLATAFORMA DE INTEGRAÇÃO ÚNICA E SEGURA

O mundo está loucamente móvel e as empresas estão de alguma forma fazendo malabarismos para acompanhar as inovações tecnológicas, principalmente quando falamos em mobile. Com o mercado constantemente emergente e seus diversos requisitos imprevisíveis, a maioria das empresas acaba não planejando nada.

Um provedor de soluções MDM dentro da empresa deve ampliar o horizonte de experiência e know-how para oferecer suporte a todos os dispositivos móveis, facilitando uma integração coesa, econômica e produtiva com operações e ferramentas corporativas já existentes, que serão estratégicas e alinhadas à TI.

ALGUMAS TENDÊNCIAS PARA O FUTURO

O CEO da Ventana Research, Mark Smith, observa que, além do crescimento do MDM nas empresas, teremos a implementação do 5G, e as estratégias de mobile das empresas para 2020 devem abordar tecnologias e capacidades em aceleração e afirma que até 2022, um terço das organizações adotará o uso da realidade aumentada e virtual para experiências de negócios e consumidores“No passado, teríamos que comprar equipamentos como óculos caros, mas agora podemos usar o poder de nossos dispositivos para obter informações visuais ou contextuais sobre qualquer coisa para a qual apontamos nosso dispositivo móvel”, observa Smith.

No entanto, Mark diz que o foco imediato para as organizações empresariais deve ser voz e texto. “Precisamos ser mais inteligentes sobre como usamos texto e voz, porque esse é agora o padrão para os consumidores. Ele também deve ser o padrão para os negócios e é uma das mudanças revolucionárias pelas quais as organizações corporativas terão que passar na próxima década – porque nossa linguagem natural, como digitamos e como falamos – é a nova interface de como obtemos informações e como agimos.”

Não podemos esquecer que no Brasil, o LGPD (nova Lei Geral de Proteção de Dados do Brasil) entrará em vigor em agosto de 2020, e impactará diversas empresas no país, por isso é preciso estar preparado.

Nós da urmobo estamos dispostos a tirar qualquer dúvida que você tem sobre esse assunto!

Entre em contato com a gente, solicite um trial de 15 dias sem custo e saiba por que a urmobo é, hoje, a melhor plataforma para solução em gerenciamento de dispositivos móveis para empresas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.